20/01/2019

Base sismográfica em Pedro II recebe melhoria na transmissão de dados

O monitoramento de abalos sísmicos em Pedro II fica situado na Serra dos Matões



Base sismográfica em Pedro II recebe melhoria na transmissão
Sistema sismográfico instalado na Serra dos Matões em Pedro II (créditos: Portal Rede 1)

No município de Pedro II tem uma das quatro estações da Rede Sismográfica do Nordeste do Brasil que receberam nos últimos dias, melhorias nas transmissões de dados por meio de link’s de satélites. Antes, os dados eram enviados através de antenas via rádio.

Conforme informações da Rede Sismográfica Brasileira agora os dados são recebidos em tempo real e será possível fazer analises com muito mais agilidades e eficiência.

Em Pedro II o sistema está instalado na Serra dos Matões, na área que abrigaria o Parque estadual das Orquídeas.


O projeto é uma iniciativa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), contando com o apoio da Petrobras, Agência Nacional do Petróleo, Funpec. Os dados estão sendo armazenados além da UFRN, nos centros como o Observatório Nacional no Rio de Janeiro e a Universidade de São Paulo (USP).

Conforme estudiosos da sismologia, no nordeste do Brasil possuem duas falhas geológicas. Uma delas denominada lineamento Sobral – Pedro II.

Os abalos sísmicos ocorrido nos últimos anos em Pedro II aconteceram no final da década de 1980 e a outra no inicio de 2008. O abalo de 2008 teve grande repercussão, pois foi sentida em outros municípios, como Lagoa de São Francisco, Piripiri, Piracuruca, Teresina, dentre outras.






Imprimir