12/07/2018

Boletim mostra o Açude Joana em Pedro II com 10% de sua capacidade

Vistas do Açude Joana (foto; N. Santos)


O Açude Joana, principal reservatório do município de Pedro II está perdendo volume desde que registrou sua capacidade de acúmulo que foi de 14,06% no final de fevereiro deste ano.

O boletim de monitoramento de reservatórios da Agência Nacional de Águas (ANA) volta a demonstrar números negativos sobre o volume de água do Açude Joana em Pedro II, que conforme os dados apresentados, em 6 de julho, o Açude Joana está apenas com 10,67%.

O boletim anterior datado em 12 de maio de 2018, o Açude Joana estava com sua capacidade de apenas 12,28%. Os preocupantes desses dados revelam que o Açude Joana vem perdendo 2% de seu volume d’água a cada 60 dias.

Dados Oficiais da ANA (Infográfico: Portal Rede 1) 

A Agespisa está utilizando o Açude Joana como fonte de captação para o abastecimento, revezando com os poços artesianos que foram perfurados em outros pontos da cidade.

O Açude Joana barra o rio Corrente, que faz parte da bacia hidrográfica do Rio Longá.

Para abastecer a zona urbana de Pedro II, a rede da Agespisa distribui em torno de 200 metros cúbicos por hora.




Nenhum comentário:

Postar um comentário